Disputa pela cocaína pura do Peru é a causa das rebeliões de presos no Amazonas

Agência Brasil

Agência Brasil

MANAUS – A rebelião no Amazonas é mais um capítulo pela disputa do mercado da cocaína. A informação foi divulgada por uma autoridade federal que pediu anonimato. A briga das facções rivais no presídio Anísio Jobim, em Manaus é uma batalha pelo controle do tráfico de droga na região Amazônica. A maior cobiça dos grupos é pela cocaína do Peru, considera atualmente a mais pura. O confronto de 17 horas entre presos de facções de traficantes rivais deixou 56 mortos na capital amazonense. O governador do Amazonas, José Melo, determinou pagamento de indenização a familiares de detentos mortos, além de assistência para o funeral das vítimas.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1