Deputado federal de Minas defende ex-secretário nacional da juventude

Foto de divulgação

Foto de divulgação

BRASÍLIA – O deputado federal Newton Cardoso Júnior (PMDB/MG) divulgou nota, neste fim de semana, em defesa de Bruno Júlio, ex-secretário nacional da juventude do governo federal. Bruno Júlio pediu demissão após a polêmica em relação a declaração que fez afirmando que tinha que ter uma chacina em penitenciárias por semana ao comentar os massacres que aconteceram em Manaus e Roraima, que terminaram na morte de 89 detentos. Newtinho, como o deputado federal é conhecido, disse que o ex-secretário “teve a coragem de expressar a opinião e indignação da maioria dos cidadãos brasileiros”.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1