Delação de executivos da Odebrecht deve atingir 130 políticos

Agência Brasil

Agência Brasil

RIO – O empresário Marcelo Odebrecht e mais 76 executivos da Odebrecht deverão concluir hoje a assinatura dos acordos de delação firmados com a Procuradoria-Geral da República como parte da Operação Lava-Jato. Nas negociações pré-delação, os executivos da empreiteira fizeram acusações contra líderes de todos os grandes partidos governistas e da oposição. Pelo menos 130 políticos, entre deputados, senadores, ministros e ex-ministros, deverão ser atingidos. De acordo com fontes ligadas às negociações, entre os citados também estão o presidente Michel Temer e o ex-presidente Lula. Segundo o procurador-geral, Rodrigo Janot, entre os documentos que tornam mais impactantes as denúncias estão cópias de e-mails em que executivos da Odebrecht trataram das obras irregulares e dos pagamentos de propina.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1