Corpo do poeta Ferreira Gullar será enterrado hoje no Rio

Foto: Jornal do Brasil

Foto: Jornal do Brasil

RIO – O corpo do poeta, escritor e teatrólogo Ferreira Gullar será levado nesta manhã da Biblioteca Nacional, na Avenida Rio Branco, onde foi velado, para a sede da Academia Brasileira de Letras (ABL), também no Centro do Rio, para novas homenagens. O sepultamento está marcado para as 15h, no Mausoléu da ABL, no Cemitério São João Batista, em Botafogo. Ferreira Gullar morreu na manhã deste domingo (4), aos 86 anos, no Hospital Copa D’Or, onde estava internado há vinte dias com pneumonia. Às vésperas de morrer, consciente da gravidade de seu estado, Gullar recusou a opção que lhe ofereceram de prolongar sua vida artificialmente por meio de aparelhos. A filha do poeta, Luciana, contou que um dos últimos apelos do pai foi: “Me leva para Ipanema. Quero entrar no mar e ir embora”. José de Ribamar Ferreira nasceu em São Luís do Maranhão, onde iniciou a carreira como poeta, e atuou na imprensa carioca como roteirista de TV após anos no exílio durante a Ditadura Militar. Em 2014 foi eleito para a Academia Brasileira de Letras. O último livro de Ferreira Gullar foi Autobiografia poética e outros textos, lançado este ano. Ferreira Gullar deixa dois filhos, Luciana e Paulo, oito netos, e a companheira Cláudia, com quem vivia atualmente.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1