Comissão da Câmara aprova por unanimidade medidas de combate à corrupção

Deputado Onyx Lorenzoni comemora a aprovação na comissão especial. Agência Brasil (Fabio Rodrigues-Pozzebom).

Deputado Onyx Lorenzoni comemora a aprovação na comissão especial. Agência Brasil (Fabio Rodrigues-Pozzebom).

BRASÍLIA – A Comissão Especial da Câmara dos Deputados destinada a analisar o conjunto de medidas de combate à corrupção aprovou por unanimidade, na madrugada de hoje, o texto-base do relatório do pacote anticorrupção do deputado Onyx Lorenzoni. No texto está prevista a tipificação do Caixa 2 eleitoral. Portanto, se a lei entrar em vigor conforme o relatório apresentado, a prática, que consiste em campanhas ou candidatos não declararem doações recebidas à justiça eleitoral, se tornará crime. Também foram aprovadas a criminalização do enriquecimento ilícito, a punição de eleitor que venda o voto e a medida que torna a corrupção crime hediondo. Já o teste de integridade, que consiste em flagrar o servidor em algum ato de corrupção, foi retirado do texto-base. Ainda durante a madrugada, o presidente da casa, Rodrigo Maia, reuniu líderes e deputados de vários partidos para articular a votação no plenário, mirando em uma anistia para o Caixa 2.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.