Câmara aprova renegociação das dívidas dos estados sem exigência de contrapartidas

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

Brasília – A Câmara dos Deputados impôs uma derrota ao governo ao aprovar na tarde desta terça-feira, 20/12, por 296 votos a 12 e três abstenções, o projeto que renegocia as dívidas dos estados e do Distrito Federal com a União. A proposta aprovada, que agora vai à sanção presidencial, eleva em até 20 anos o prazo para o pagamento das dívidas. Aos estados que enfrentam crises financeiras mais graves, como Rio, Minas e Rio Grande do Sul, o texto permite a suspensão do pagamento das dívidas por até três anos. A aprovação do projeto passou por um acordo costurado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em que foram retiradas as contrapartidas exigidas dos estados. Entre elas, o aumento da contribuição previdenciária de servidores estaduais e a proibição da criação de novos cargos.