Beira-mar é condenado a 30 anos de prisão por morte de estudante em 1999

2015_816408817-2015051479318-jpg_20150514

RIO – O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, que já acumula penas que somam quase 320 anos de prisão, foi condenado, a mais a 30 anos de reclusão por homicídio triplamente qualificado do estudante de informática Michel Anderson Nascimento dos Santos, de 21 anos. O crime aconteceu em agosto de 1999, na favela Beira-Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O julgamento foi presidido pelo juiz titular da 2ª Vara Criminal da Capital, Daniel Werneck Cotta, na comarca da capital do Tribunal de Justiça do Rio, e contou com a participação do traficante por videoconferência já que ele cumpre pena na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. A decisão rendeu uma economia de cerca de R$ 120 mil, segundo a estimativa feita pelo Ministério da Justiça, com base nos gastos da última vinda do criminoso ao Rio, em 2015, quando ele foi condenado a 120 anos de prisão. Esta foi a primeira vez que a sessão foi realizada por esse sistema na comarca da capital do Tribunal de Justiça do Rio.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1