Avião que caiu com o time da Chapecoense na Colômbia sofreu uma falha elétrica

Foto: Cruz Vermelha Colombiana

Foto: Cruz Vermelha Colombiana

RIO – O avião que transportava o time da Chapecoense na Colômbia a equipe sofreu uma falha elétrica e caiu na madrugada desta terça-feira, horário de Brasília, perto do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, próximo a Medellín. O chefe da polícia de Antioquia, general Jose Azevedo, confirmou que das 81 pessoas a bordo, 76 morreram. Cinco pessoas sobreviveram: os jogadores Alan Ruschel, Danilo e Follmann, o jornalista brasileiro Rafael Henzel, da Rádio Oeste Capital, e a comissária Ximena Suarez. Segundo o programa Bom Dia Brasil, da TV Globo, o ex-jogador Mario Sergio, comentarista do canal Fox Sports, está entre as vítimas fatais. A Força Aérea Colombiana dispôs helicópteros para ajudar nos trabalhos de resgate, mas as missões de voos foram suspensas por causa das condições climáticas. Choveu muito na região, o que reduziu a visibilidade. A equipe da Chapecoense disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, amanhã, em Medellín.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RÁDIO JBFM 99.9 - Rio de Janeiro
1