Ato contra a reforma da Previdência no Centro do Rio termina em confronto e com uma professora de 50 anos ferida

logo-jbfm-rio-de-janeiro

RIO – A manifestação contra as reformas trabalhistas e da Previdência nesta quarta-feira (15) no Centro do Rio terminou em confronto entre mascarados e guardas municipais e pelo menos uma pessoa ferida. Segundo testemunhas, a professora Mônica Lima, de 50 anos, contou que levou um chute de um guarda. A corporação informou que vai abrir ocorrência para investigar se houve excesso. O tumulto antecipou o fim da manifestação. Mais de 20 capitais tiveram atos contra as mudanças propostas pelo governo nas regras da aposentadoria. Em Brasília, manifestantes tomaram desde cedo a Esplanada dos Ministérios, e o Ministério da Fazenda foi invadido e teve vidraças quebradas.